Introdução alimentar. Quando e como começar?

Introdução alimentar. Quando e como começar?

Seu filho está completando 6 meses e, então com 181 dias, chegou o momento dele conhecer novos alimentos e comer de tudo, certo? Na verdade, não é bem assim. Primeiramente, observe se o seu bebê está realmente pronto para a mudança. Seus exatos 6 meses não garantem essa prontidão, pois são apenas um marco.

Como saber, então? O ideal é que primeiro ele note a existência da comida. Por exemplo, quando quer pegar o que você ou outro adulto leva à boca. Mais: quando consegue se sustentar sentado, ou seja, fica sentando direitinho. Esses são dois indícios importantes de que ele está apto para digerir alimentos sólidos.

Se a criança ainda não se senta bem, mas você deseja iniciar a introdução de novos alimentos mesmo assim, veja se ela ficará confortável no cadeirão. Hoje em dia há vários modelos disponíveis. Basta conhecer melhor as funcionalidades de cada tipo antes de finalizar a compra. Às vezes, no carrinho ou cadeirinha ela ficará mais confortável. Mas lembre-se que é preciso ter um bom apoio.

Cuidado com o excesso de expectativas! Confie em você e no seu bebê. Vocês dois vão precisar de um tempo de adaptação. Paciência é a melhor receita! Leva tempo, às vezes alguns meses, para que vocês se adaptem.

Outro ponto importante: pais são exemplo! Primeiro de tudo, olhe o seu prato. O primeiro contato do seu filho com os sabores começa, na verdade, quando ele ainda está no útero. Pesquisas mostram que grávidas com dieta diversificada costumam dar à luz bebês mais abertos à experimentação alimentar. Até o leite materno fica com o gosto daquilo que a mãe come. Por isso, os cuidados com a alimentação da família, e principalmente da mulher, são essenciais. Eu costumo dizer que a introdução alimentar ideal começa na gestação!

Mas não é só a mãe! Afinal, como é que ela e o pai vão exigir que a criança coma algo, se essa não é a regra da casa? Caso a família não se alimente bem, a mudança de hábitos é necessária antes mesmo que o bebê comece a se alimentar.

Vamos ao como? Inicie sempre com frutas, uma de cada vez e repita a mesma fruta por 3 a 5 dias e depois mude. O horário da primeira refeição deve ser estabelecido de acordo com a rotina da casa, levando sempre em consideração o seu bebê. Qual o horário que ele está mais ativo e bem-humorado? Não ofereça o alimento se ele estiver cansado ou com sono, não será uma boa experiência nem para ele nem para você.

Começando com as frutas, diversifique e estimule o seu bebê com cores e texturas diferentes. Deixe que ele pegue a comida. Observe como ele reage aos diferentes alimentos e como o intestino funcionará. Sendo necessário, intercale frutas constipantes como banana com frutas laxativas, como mamão ou abacate.

Vamos juntas desmistificar a primeira infância. Nos próximos artigos trarei mais informações sobre a introdução alimentar, uma fase tão importante e cheia de adaptações.

Precisa de ajuda para elaborar uma rotina alimentar saudável e descomplicada? Conheça os serviços da 5DKids.

Sem Comentários

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será exibido.