Como criar uma rotina que acalme as crianças?

Como criar uma rotina que acalme as crianças?

O dia a dia de um adulto normalmente é corrido. Os horários nem sempre são regulares e ainda mais quando se tem filhos. Sabemos o quanto, às vezes, é difícil estabelecer uma rotina depois que os pequenos nascem. Pode parecer até uma missão impossível para alguns, mas insisto em dizer que a rotina é fundamental na vida de uma criança desde o momento em que ela nasce.

A rotina ajuda as crianças a se sentirem mais seguras e confiantes. Também é necessária para o desenvolvimento da independência e autonomia. É importante que desde bebezinhos eles tenham um ritmo e saibam o que vai acontecer durante o dia.

É que a previsibilidade faz com que os pequenos se sintam menos ansiosos e mais independentes, inclusive aceitando melhor momentos como a despedida na escola, por exemplo. Mas se seu filho chora quando você sai, não se sinta sozinha, isso é normal! Cada criança tem o seu tempo e aos poucos vão assimilando e entendendo os horários e as regras do cotidiano.

Estudos também demonstram que crianças criadas em uma rotina apresentam maior senso de organização e responsabilidade quando são maiores. Mas os benefícios da rotina não param por aí. Ter horários estabelecidos permite que a família toda possa se organizar e assim ter mais tempo para fazer o que gosta.

Algumas dicas para estabelecer a rotina em casa:

  • Refeições: devem ser, preferencialmente, realizadas em família, com todos sentados à mesa. Nada de TV, tablet ou celulares. Aproveite o momento para conversar. Se a criança ainda é pequena, tenha paciência e calma, pois o tempo dela comer é diferente. É conveniente estabelecer horários e criar hábitos saudáveis.
  • O sono: estabeleça o horário para dormir e crie um ritual do sono.
  • Horário, horário e mais horário: para acordar, brincar, estudar, fazer as refeições, tomar banho, escovar os dentes e dormir. Os horários fazem com que as crianças se acostumem e criem uma rotina, criando uma relação familiar mais harmônica e saudável.
  • Equilíbrio é tudo! Não preencha todo o tempo da criança com atividades. Elas não precisam ser sobrecarregadas e se sentirem estressadas. É necessário tempo para descansar, brincar livremente e até mesmo fazer nada, apenas ficar quietinho. O ócio também precisa existir. E lembre-se: na rotina infantil, o menos é mais!
  • Respeite o ritmo da criança! Cada pequeno tem um ritmo. Tenha em mente as singularidades de cada um. Não existe um modelo a ser seguido! Cada criança e cada família devem desenvolver suas rotinas para que haja harmonia.
  • Ser organizado, não é ser chato:  organize seus espaços e seu tempo. Assim, a rotina também será otimizada.
  • Seja o exemplo! Lembre-se que não é só o pequeno que deve seguir a rotina, você também precisa se organizar para que seja mais fácil cumpri-la. Em um primeiro momento, seguir uma rotina pode não ser agradável ou atrativo para todos, mas seja persistente e você observará os resultados. Não é da noite para o dia que as coisas vão engrenar.

Mas não vamos transformar a casa em um quartel, pois assim a rotina torna-se algo negativo. É preciso ser flexível, sobretudo nos finais de semana, feriados e férias. Esses são realmente momentos em que a rotina pode ser flexibilizada, de acordo com o perfil de cada família. O importante é estabelecer horários e criar hábitos saudáveis que tornem o ambiente mais organizado e agradável para todos!

Vamos juntas construir um plano de ação e programar a rotina na sua casa.

Sem Comentários

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será exibido.