A sobrecarga materna e a fadiga das decisões

A sobrecarga materna e a fadiga das decisões

Talvez você nem saiba, mas provavelmente você se sabota por isso!!

O mundo atualmente quase que exige decisões contínuas, são tantas escolhas e decisões que ficamos cansados e sinto te dizer que na maternidade o volume de decisões aumenta e leva ao que chamamos de sobrecarga materna. O resultado de tudo isso é falta de energia, foco, perda de paciência…. e tomada de decisões sem pensar ou refletir, que muitas vezes nos arrependemos.

Mas como aqui queremos descomplicar, vamos primeiro entender por que tudo isso acontece e como podemos tornar nossos dias mais leves, simples e saudáveis.

Vivemos na era da informação e é tanta informação que nos perdemos, é o que chamamos de “Síndrome da Netflix”, as pessoas passam mais tempo vendo o que tem disponível no Netflix do que de fato assistindo, se perdem e acabam desistindo ou assistindo o que estão habituados.

Gastamos muito tempo hoje nas telas, elas se tornaram quase extensão de nossos corpos, mas os estudos demostram que o uso excessivo de tecnologia afeta o sono, a produtividade e as relações pessoais, inclusive entre pais e filhos.

Se vamos decidir algo pesquisamos, não digo que está errado, mas não precisamos buscar tudo o tempo todo na internet. Nosso computador com mil abas abertas, assim como aplicativos no celular. Nosso cérebro ao final do dia está simplesmente exausto e são tantas informações, que no final ficamos indecisos, sem saber o que fazer. Já se sentiu assim?

Para a nossa mente, tudo é uma coisa só! Não existe uma segmentação. O excesso de decisões, atividade e a falta de uma rotina organizada no dia a dia acabam levando a sobrecarga e exaustão.

Então o que fazer?

O primeiro passo é desconecte-se sempre que possível. Assim, sua mente também poderá descansar um pouco. Relaxe, faça algo por você, mas longe das telas. Você abrirá um espaço na mente para reflexão e criatividade.

Pare um tempo durante o dia e conecte-se verdadeiramente com seu filho. Deixe o celular afastado e no silencioso se possível, pois sabemos que é tentador dar aquela espiadinha.

Reflita sobre suas horas de sono e faça seu ritual de descanso. Se o seu bebê é pequenino e ainda demanda muito, acione sua rede de apoio também.

Cuide de sua rotina, até para descansar é preciso descomplicar e simplificar a rotina. A organização do ambiente também ajuda e muito.

Tenha em mente que sua energia deve estar voltada para as coisas importantes, por isso economize energia no que é pequeno, nem tudo vale a pena o seu desgaste. Se é possível delegar, delegue, e fique com o que realmente é importante.

Limite suas escolhas. Quanto mais opções temos maior a chance de paralisia e de nos sentirmos frustrados com a decisão tomada. Como? Coloque critérios bem definidos e faça um filtro, quanto menos opções melhor será sua tomada de decisão.

Descomplicando o dia a dia: a sobrecarga materna e a fadiga das decisões -  YouTube

Recomendo se tiver um tempinho assistir: TED Talk com Barry Schwartz: O paradoxo da escolha

Se tiver dúvidas, envie uma mensagem. Será um prazer ajudar!

Nos acompanhe pelo blog e redes sociais e veja muitas dicas importantes para o seu dia a dia. Estamos juntos para descomplicar o seu dia a dia, trazendo desenvolvimento saudável, diversão, disciplina e desmistificando a primeira infância.

Participe do nosso canal

Receba muito conhecimento, acolhimento e transformação, descomplicando o dia a dia na primeira infância direto no seu Telegram.

Sem Comentários

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será exibido.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.