A importância de uma rotina consistente para bebês e crianças e sua influência no sono

A importância de uma rotina consistente para bebês e crianças e sua influência no sono

Todos os seres vivos têm um reloginho interno que regula suas funções. Esse reloginho se chama ritmo circadiano e, no caso dos seres humanos, ele regula o sono e a vigília (quando estamos acordados). A rotina é um importante aliado para regular o ritmo circadiano.

As crianças precisam seguir uma rotina consistente para se sentirem seguras e tranquilas no seu ambiente, evitando que fiquem em constante estado de alerta. Esta rotina deve estabelecer um fio condutor para os dias, elegendo uma sequência para os acontecimentos, sugerindo o ritmo que os dias terão. Tão importante quanto o horário em si, é a percepção das necessidades das crianças, suas características individuais.

Os hábitos repetitivos também ajudarão a construir o equilíbrio emocional responsável por proporcionar um mecanismo importantíssimo para a educação e construção da sua personalidade. A repetição de atitudes cotidianas formarão hábitos, e a repetição dos hábitos formarão as virtudes.

Algumas crianças têm relógios internos que se ajustam com facilidade, outras, podem ter seus reloginhos afetados por fatores externos como luzes acesas durante a noite, sons altos vindos de outros cômodos da casa ou da rua ou mesmo o alarme do relógio dos pais pela manhã, por exemplo. A falta de uma rotina consistente com horários regulares para adormecer, despertar e fazer as refeições, a falta de atividades adequadas para a idade durante o dia, muita agitação próximo ao horário de dormir, pouca iluminação pela manhã, também podem causar confusão na regulação do relógio biológico, acarretando em dificuldade em adormecer, sono de má qualidade ou dificuldade em emendar os ciclos de sono.

E aí está formado um ciclo vicioso: a ausência constante de sono adequado e repousante cria um estado de privação crônica e cansaço, associado com a dificuldade de adormecer e permanecer dormindo. A qualidade de sono da criança é afetada, podendo ter mais despertares noturnos do que o esperado para a idade ou despertar cedo demais.

Um estudo realizado pelo Dr. Avi Sadeh, da Universidade de Tel Aviv, demonstra que até mesmo uma hora a menos de sono apropriado compromete o nível de alerta e funcionamento cerebral da criança e aumenta o cansaço nas primeiras horas da noite. Esse dado nos faz perceber a importância de observar o total de horas que bebês e crianças dormem durante seu descanso.

Fique atento aos sinais a seguir podem indicar que seu filho não está dormindo o suficiente. Lembre-se que um bebê ou criança, nem sempre demonstram ou aparentam cansaço, pelo menos, não da forma como seus pais esperariam.

  • Irritabilidade, agitação e inquietação;
  • Se mostra muito emotivo, com dificuldade de lidar com a emoção e frustração;
  • Chupa o dedo ou chupeta “mesmo quando não está com sono”;
  • Busca o objeto de apego e o carrega durante o dia;
  • Tem grande dificuldade de adormecer, como se brigasse com o sono;
  • Adormece facilmente no balanço do carro;
  • Acorda sempre “de mal humor”.

Vale lembrar que apenas esses sinais isolados não afirmam, categoricamente, privação de sono, mas vale a pena observar a rotina, atividades do dia e sinais que só seu filho pode te dar.

Está com dúvidas? Entre em contato conosco!

Nos acompanhe pelo blog e redes sociais e veja muitas dicas importantes para o seu dia a dia. Estamos juntas para descomplicar o seu dia a dia, trazendo desenvolvimento saudável, diversão, disciplina e desmistificando a primeira infância.

Sem Comentários

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será exibido.